Follow by Email

terça-feira, 5 de abril de 2011

Cozinha Comfort Food

A comfort food é a comida emocional e do coração – desperta sensações agradáveis e evoca o prazer e o bem-estar ligado à infância, à história de vida. Uma tendência forte que começa a se popularizar no Brasil. É considerada uma derivação da comida caseira. Lembra? Vai do simples bolinho de chuva ao famoso brigadeiro. Ou ainda inclui aquela pizza quentinha, a canja de galinha e aquele suculento cozido.  E quem inventou ? Bom, eu tenho certeza de que foi minha bisavó, que contou todos os segredos para a minha avó, que ensinou minha mãe…
E a comfort food da minha avó tem características muito particulares:  A lembrança q tenho era no seu Hotel em Minas, dias perfeitos de outono, com céu azul, sol amarelo-forte-dourado e finais de tarde com cafezinho e suas famosas broas de fubá. Ela ia para a cozinha preparar o bolo de cenoura que eu amava. Eu fazia companhia e adorava ouvir os seus casos que ela narrava como ninguém Na verdade, tenho certeza absoluta de que ninguém no mundo é capaz de fazer o pão de queijo dela. Quando era pequena e ela anunciava com sua sanfona que era dia de doces e quitandas e quem sentasse primeiro ganhava uma entrada no cinema, só que a gente esquecia que ela era dona do único cinema da cidade. De manhã já se formava fila de crianças para almoçar Grande Hotel. O Comfort Food é um prato que serve para uma viagem nostálgica dentro da memória. Imagina um frango caipira com quiabo e polenta ou bom feijão de calda? Pois uma das mais modernas tendências gastronômicas está colocando na moda pratos simples e com sabor de comida caseira. O chef pop Alex Atala resolveu investir neste conceito gastronômico ao abrir as portas do Dalva e Ditto, cujo cardápio inclui bife à milanesa e galeto. Esta gastronomia está agrada o corpo e acalenta a alma e valoriza as culturas locais. Não é de hoje que a maioria das pessoas se preocupa com a alimentação. Mesmo quem possui grande força de vontade e determinação para manter uma vida saudável às vezes deixa as emoções e desejos tomarem conta do equilíbrio em busca de prazeres. E, sendo os alimentos uma das mais freqüentes fontes de prazer, é neles que encontram o conforto, a tranqüilidade e o bem estar . A  comida que nos preenche e nos acalma. Em situação de grande ansiedade e solidão, a busca por alimento  é instintiva principalmente a comidinha que lembra a vóvó, da mama. O ato de comer preenche espaços, inclusive no coração, matando a saudade e a tristeza.Nesse caso, a atenção deve ser redobrada porque o alimento da alma, nem sempre é bom para o corpo, principalmente quando recheados de gorduras e açúcares simples, influenciando de forma negativa a alimentação saudável.
Ao comer um alimento que nos lembre a infância, podemos  sentir a paz e tranqüilidade de que precisamos. Estes alimentos que proporcionam a sensação de conforto através das emoções a que nos remetem  com o objetivo de trazer as emoções e lembranças à mesa. Valoriza a qualidade desde a matéria-prima até o preparo. Características do comfort food é a comida mais saudável, leve, colorida e com preparações simplificadas. É uma releitura das preparações regionais e típicas do dia-a-dia. A cozinha da vovó e da mama ganha status na alta gastronomia e toques de modernismo. A comfort é uma releitura de elementos culturais. Escrevendo esta matéria me emocionei lembrando das comidinhas de minha avó e ela tocando a sua sanfona e cantando quem quer pão, quem quer pão. É a comida emocional que desperta sensações agradáveis e evoca o prazer e o bem-estar ligados à história de vida.

Nenhum comentário: